Arquivos

EXPOSIÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS E COMESTÍVEIS NA ESCOLA IDIVÂNIA

Aconteceu nesta quinta feira na ESCOLA MUNICIPAL IDIVÂNIA DA CIDADE DE FÁTIMA  uma exposição de plantas medicinais e comestíveis, o evento organizado pelos estagiários GEOVANE E RICARDO e as estagiarias JASSI FLÁVIA, CLAUDICE E ALINE, eles que fazem o curso de CIÊNCIAS BIOLÓGICAS  na   faculdade AGES. O evento contou com as participações dos alunos da escola, professores , direçao e coordenação pedagógica,

O uso de plantas para tratar doenças é tão antigo quanto a história da humanidade, mas saber conservar e usar cada tipo é fundamental para garantir que o remédio funcione. Antes de tudo, apague a crença de que tudo que é natural não faz mal. “As plantas necessitam de recursos químicos para se defender, como alguns alcaloides, que, por serem amargos e tóxicos, afastam predadores, ou óleos essenciais, que atraem aves para a polinização”, exemplifica a farmacêutica Ivana Suffredini, da Universidade Paulista, na capital. “Assim como algumas dessas substâncias podem atuar positivamente no organismo humano, outras provocam sérios danos”, alerta.

Outra confusão que precisa ser desfeita é usar os termos plantas medicinais e fitoterápicos como sinônimos. “Fitoterápicos são remédios, que passam por uma rigorosa avaliação de segurança e eficácia em seres humanos, com uma concentração de ativos padronizada, o que nem sempre ocorre com as folhas para o preparo de chás”, diferencia a geriatra especializada em fitomedicina Rita Ferrari, de São Paulo.

Veja também

Continue lendo

DIA 21 DE ABRIL DIA DE TIRADENTES

No dia 21 de abril é comemorado no Brasil o Dia de Tiradentes, uma data criada para homenagear Joaquim José da Silva Xavier, um ativista político que se transformou em herói nacional.A história de Tiradentes está totalmente relacionada à Inconfidência Mineira, um movimento ocorrido nos séculos XVII e XVIII que tinha como objetivo a separação do Brasil do domínio de Portugal. Naquela época, o Brasil proporcionava grandes lucros aos portugueses por meio de suas riquezas minerais, isto é, ouro e diamantes. Contudo, estas riquezas estavam começando a se tornar escassas.

Além disso, muitos não pagavam o quinto, uma espécie de imposto cobrado pela coroa sobre todo o ouro encontrado na colônia. Desta forma, o lucro de Portugal começou a cair. Reagindo a esta situação, os portugueses passaram a exercer um controle mais rígido sobre as riquezas e a aumentar os impostos. Tais medidas desagradaram a elite de Minas Gerais, que estava significativamente influenciada pelas ideias iluministas importadas da Europa.

Continue lendo

SÁBADO LETIVO CEAT:PROJETO TRILHAS NA CARNEIRA FÁTIMA BA.

O sábado letivo do CEAT PARA A TURMA DO FUNDAMENTAL II

 

O CENTRO EDUCACIONAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA-CEAT, REALIZOU NO ÚLTIMO SÁBADO, DIA 08 DE MARÇO DE 2017, O PROJETO “TRILHA”, CUJO OBJETIVO É O DE POSSIBILITAR O LABORATÓRIO DE PESQUISA DE CAMPO, QUE CONSISTE NA Realização de uma pesquisa de campo nas pedreiras da fazenda Carneira, na fronteira do município com Cícero Dantas.

CONFIRA AS FOTOS:

Continue lendo

CEAT: Execução do Hino Nacional( Lei 5.700/70)”.

Professores e alunos do Ceat cumpre a obrigatoriedade de cantar o Hino Nacional Brasileiro com a frequência mínima de uma vez por semana, nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental.

A História do Hino Nacional do Brasil é recheada de fatos interessantes, mas infelizmente pouco divulgados. Tradicionalmente, o que sabemos sobre o Hino é referente aos autores da letra e da música.

A letra foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada e a música, elaborada por Francisco Manuel da Silva. O Hino Nacional Brasileiro foi criado em 1831 e teve diversas denominações antes do título, hoje, oficial. Ele foi chamado de Hino 7 de abril (em razão da abdicação de D. Pedro I), Marcha Triunfal e, por fim, Hino Nacional.

Continue lendo

Ceat realiza atividades sobre o dia mundial da água

Professores do CEAT realizaram várias atividades sobre o dia mundial da água , confira as fotos.

História do Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado à discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

Continue lendo

FÁTIMA – BAHIA: É CARNAVAL NO CEAT

Nesta sexta feira (24), O CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ANÍSIO TEIXEIRA (CEAT) realizou um grande evento carnavalesco com alunos e professores e todos os funcionários da Escola. Confira as fotos .

Prós : Nana, Bárbara, Naty e Suzana.

O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval.

Prós :Luciana, Edileuza, Joana, Luana e Adriana.

História do Carnaval 

Continue lendo

Primeira feira cultural das comunidades quilombolas de Jeremoabo – Bahia

16406621_703616046485150_8337319833516515754_nAconteceu nos dias 27 e 28 de janeiro de 2017 a Feira Cultural Quilombola na comunidade de viração no município de Jeremoabo BA. O evento foi uma promoção da SEPROMI em parceria com a ARCAS, que com a participação de comunidades circo vizinhas garantiu um momento de troca de conhecimentos, exposição dos produtos da comunidade, corte de cabelo, maquiagem, desfile da beleza negra, oficinas, concurso de poesia, manifestações culturais, diversão, palestras e um forró com artistas da comunidade.FONTE:ARCAS.

CONFIRA AS FOTOS.

Continue lendo

Tecnologias e Educação

Redes sociais, tablets, smartphones, mensagens instantâneas… o mundo virtual e seus consoles invadiram o cotidiano da sociedade e, por extensão, também da escola. Em pouco tempo, interferiram diretamente na prática de ensino, nas relações interpessoais e no comportamento dentro de sala de aula. Esse novo ambiente escolar trouxe desafios inesperados à comunidade. Um cenário com aspectos positivos e negativos e que não pode ser ignorado. Nessa edição especial, o Salto para o Futuro traz luz ao debate sobre as práticas de bullying e cyberbullying nas escolas e sobre a real imersão da internet no ambiente escolar.