Arquivos

PRIMEIRA FESTA LITERÁRIA NA PRACINHA(FLIPRA)

Neste sábado , aconteceu na Pracinha da cidade de  Fátima, a Primeira Festa Literária  com as presenças dos professores Fabio José, Tiago Carvalho, Gledyson Santos, a professora Joany Cruz Ribeiro e a musa Lilian Tavares. Um dos grandes momentos dessa festa foi o recital de poemas de autoria própria de Henrique Rodrigues e Henrique Silva alunos da turma B.

Marcaram  presença, os estudantes do Colégio São José. Prof. Francisco De Assis Souza Morais, professora Tathiane Gusmão

Foi uma iniciativa do Professor Marcos José e alunos da rede estadual de ensino, promovendo cultura, música e cidadania em busca do incentivo direto a leitura.

Aluno que for pego ‘matando’ aula será recolhido ao Conselho Tutelar

Moradores de cinco municípios do semiárido baiano estão na expectativa para a portaria do juiz José Brandão Netto, que institui o “Toque de Estudo e Disciplina -TED”, prevista para entrar em vigor nesta segunda-feira, 20. As medidas visam combater a evasão escolar e disciplinar a conduta dos alunos nas escolas, prevendo punições aos pais ou responsáveis.

Um dos principais pontos da medida determina que alunos flagrados “matando aula” sejam encaminhados ao Conselho Tutelar de cada cidade. Depois disso, os pais serão chamados e podem responder a processos.

As medidas estão previstas para os municípios de Antas, Cícero Dantas, Fátima, Heliópolis e Novo Triunfo, que fazem parte do território de identidade Semiárido Nordeste II, por meio de uma parceria entre a Justiça, Ministério Público, Conselho Tutelar, secretarias de Educação e as polícias Civil e Militar.

ECA

De acordo com o magistrado, a portaria atende o que estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Código Penal Brasileiro. Também os pais ou responsáveis por crianças e adolescentes que não estiverem matriculados vão responder a processo e podem pagar multa de três a 20 salários mínimos.

“Aqueles que são responsáveis e que não mantiverem crianças a partir de 4 anos e jovens até os 18 anos incompletos na escola, sem uma justa causa, vão responder pelo crime de abandono intelectual, segundo o artigo 246 do Código Penal”, apontou Brandão Netto.

Ele salientou que, nos casos flagrados, será feito um registro na delegacia de Polícia Civil de cada cidade.

Para o juiz, a portaria se faz necessária para dar mais eficácia à Ficha de Comunicação de Aluno Infrequente (Ficai), que é um dos instrumentos de combate à evasão em que os gestores de escolas devem comunicar os Conselhos Tutelares, de modo que sejam tomadas providências e a criança ou adolescente retorne para a sala de aula. No caso de não retornarem, o fato é levado para a Promotoria da Infância e Juventude.

O juiz acrescentou que, em resposta à notificação da Justiça, as secretarias de Educação dos cinco municípios informaram um grande contingente de alunos em evasão escolar, bem como foi observado um “considerável índice de analfabetos”, o que chamou a atenção do magistrado para o problema.

Também contribuiu para a edição da portaria o relato de violência entre os alunos, ameaças contra professores e outros profissionais da educação, “além do cometimento de atos infracionais e indisciplina nas escolas”, argumentou Brandão.

Bebidas e celulares

A proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas, cigarros e similares a menores de 18 anos, bem como o uso destas substâncias por alunos maiores de 18 anos e professores em ambiente escolar é citado na portaria, que proíbe, da mesma forma, a utilização de telefones celulares durante o horário de aula.

Outro aspecto abordado pelo juiz é a obrigatoriedade do hasteamento solene da bandeira do Brasil, com a execução do Hino Nacional, com a frequência mínima de uma vez por semana, nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental.

Deve ser observada, ainda, a proibição da entrada e permanência de alunos em horário escolar em casas de diversão eletrônica. Quando encontrada criança ou adolescente nesses ambientes, em situação de evasão escolar, além das penalidades previstas para os pais, também os responsáveis pelos estabelecimentos podem responder criminalmente pela irregularidade.

‘Toque de Acolher’

Continue lendo

PRIMEIRA ASSEMBLEIA DO COLÉGIO ESTADUAL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SERÁ DIA 15 DE MARÇO

Boa noite, a todos. Nosso ano letivo teve início no dia 06 de março. Desejamos a todos e a todos um ano de estudos recheado de amizades, paz, harmonia, solidariedade e muita alegria. Aproveitamos a oportunidade para informar que no próximo dia 15, às 13:00h, teremos a primeira assembleia do nosso colégio e para isso convidamos cada responsável pela matrícula de seu/sua dependente. Faremos uma breve exposição sobre os planos do nosso colégio, apresentaremos à comunidade os nossos professores, teremos a presença da ex-aluna Vanessa Santos que apresentará uma síntese do seu estudo sobre o Colégio Estadual. Outros assuntos serão abordados. Um abraço a todos e a todas. PARTICIPEM!

Secretaria abre processo seletivo para mais de 3,6 mil vagas na Bahia

Os interessados devem se inscrever até o dia 13 de março, pelo site da empresa responsável pelo processo seletivo.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abriu as inscrições para o processo seletivo visando a contratação por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para 2.483 professores da Educação Básica, Educação Básica no Campo, mais 215 vagas para professor Indígena e 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). Os interessados devem se inscrever até o dia 13 de março, pelo site da empresa responsável pelo processo seletivo. De acordo com o edital,

a seleção acontecerá em uma única etapa, com a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada para as funções de professor da Educação Básica, Básica no Campo e Professor Indígena para a Educação Indígena.

A abrangência da seleção englobará 415 municípios componentes dos Núcleos Territorias de Educação (NTE). A aplicação da prova objetiva acontecerá em Salvador, Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

Para os interessados nos cargos de técnico de nível médio/mediador para o EMITEC, a seleção englobará 109 municípios e as provas serão aplicadas em Salvador e Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

ARRAIÁ DO CELEM

Aconteceu nesta sexta feira o arraiá do CELEM , e para animar  OS FERAS DO PANCADÃO ! Eta forró danado de bom!,apresentação de quadrilha LAÇO E CANGAÇO e muito mais;

ARRAIÁ DO ESTADUAL SERÁ NESTA SEXTA FEIRA DIA19

Venham todos prestigiar o nosso arraiá, será nessa sexta, 19-06, a partir das 13:30. Sejam todos muito bem vindos!!

11536040_703921656379414_2102087942559990805_n

A quadrilha junina, matuta ou caipira é uma dança típica das festas juninas, dançada, principalmente, na região Nordeste do Brasil. É originária de velhas danças populares de áreas rurais da França (Normandia) e da Inglaterra. Foi introduzida no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, possivelmente em 1820, por membros da elite imperial. Durante o Império, a quadrilha era a dança preferida para abrir os bailes da Corte. Depois popularizou-se saindo dos salões palacianos para as ruas e clubes populares, com o povo assimilando a sua coreografia aristocrática e dando-lhe novas características e nomes regionais.

COLÉGIO ESTADUAL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA: DIGA NÃO A CORRUPÇÃO , ÉTICA COM SOLUÇÃO

11205001_402901673204466_6386089104843326783_n

O Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima (CENSF) começou a discutir a temática do 7ª concurso de redação da CGU, nesta quarta-feira (06/05/2015). Incentivando o corpo 

11138601_402901733204460_6897661715884993356_ndocente e discente a pensar, dialogar e apresentar propostas diante os desafios de uma sociedade construída sobre pilares que desrespeitam e ignoram a existência das condutas éticas e morais. Enfatizando o principal problema político/social no Brasil hoje: a CORRUPÇÃO. Partindo do pressuposto, que todos, enquanto cidadãos íntegros e morais, devem combater atitudes antiéticas – ou até mesmo ilegais –, que costumam ser culturalmente aceitas e ter a gravidade ignorada ou minimizada. Neste sentido, a escola trouxe à tona o espírito de civilidade/brasilidade inerente em todos, através de simbólicos artifícios. A exemplo de poemas, músicas e a exposição do nome (ÉTICA) em destaque, para mostrar como eventualmente “pisamos” na mesma, o que deve ser evitado.